slider-1.png
  • Shock Wave News

A Festa da Demogracinha


Por Redação


Imagem: Twitter

O dia 7 de Setembro foi marcado por manifestações GIGANTES, com aproximadamente 3 milhões de pessoas na rua. A pauta? Bem, diversas: apoio ao presidente, contra o passaporte sanitário, derrubada do STF, prisão e impeachment dos Ministros do STF, #AutorizoBolsonaro, e pela liberdade.


Enquanto o dólar continua subindo, inflação em alta, lockdowns, vacinas compulsórias, passaporte sanitário, crise econômica, preço dos alimentos pela hora da morte, dentro do Palácio da Alvorada o clima era de muita festa e azaração. Entre um chá e outro a conversa rolava solta, muitos risos, selfies, vídeos para o Reels e #hashtags.

Quem ganha o destaque nesse evento com todas as cores do arco-íris é o grupo Gays com Bolsonaro, Gays de Direita, Gays com Gays, whatever. Ali, reuniões fechadas, exclusivas, acesso direto ao presidente e a primeira-dama gracinha, a Ministra Damares e a todas as regalias que só quem usa a bandeira LGBT consegue são registradas e publicadas nas redes sociais.

reprodução: instagram
reprodução: instagram

“Todo ano, o nosso presidente e a primeira-dama recebem no Alvorada, para o café ou almoço, populares LGBTQIA+ que participar [sic] do ato do 7 de setembro”, escreveu Augustin Fernandez, maquiador e bestie da primeira-dama.


reprodução: instagram

Outro "Gay com Bolsonaro" que estava com Michelle é Romario Garcia. Em suas redes sociais, ele se diz “nordestino, gay de direita e apoiador do presidente Bolsonaro”.


“Você é muito importante para Deus, muito importante para quem te ama”, disse Michelle a Romario, em vídeo publicado em rede social.

Apesar de bradarem que não levantam a bandeira LGBT não hesitam em carregá-la para lá e para cá. Uma de suas variações é a bandeira LGBT com o rosto do presidente Jair Bolsonaro, outra com a logomarca do grupo.

Imagem: instagram
Imagem: instagram

O grupo Gays de Direita, que recentemente sediou o primeiro encontro nacional Gays de Direita Brasil (GDB) no ES, também marcou presença na manifestação. O apoio ao grupo veio de celebridades da direita como o empresário dono das lojas Havan, Luciano Hang, o cantor Netinho, o Deputado Federal Marco Feliciano. assim como o Senador Flávio Bolsonaro.


Na festa da demogracinha o que vale é união, números, muitas fotos e bandeiras liberais.


Pátria AMADAH, Brasil!

1 comentário