• Shock Wave News

A granja das Bananas

No último mês eu li o livro “A revolução dos bichos”, uma obra atemporal podendo ser aplicada em vários períodos de nosso país, onde vemos figuras como Napoleão, Bola de-neve, Sansão e Garganta.


Alguns personagens me chamaram a atenção, devido aos dias atuais vemos semelhanças entre Napoleão e Mourão, onde ambos discordavam de seus pares sobre o rumo da granja, além do fato de Napoleão ter seus fiéis cachorros treinados, algo bastante semelhante aos militares.


O trabalhador comum me fez lembrar de Sansão, que trabalhava arduamente na construção do moinho de vento e ao chegar perto da conclusão da obra, algo acontecia e o moinho vinha a baixo fazendo, com que o cavalo, tivesse que recomeçar tudo outra vez. Algo semelhante acontece com os trabalhadores, devido a promessa do fim das máscaras e medidas restritivas acabam acreditando neste novo “moinho de vento”, que ao se aproximar do término, novos problemas surgem e as medidas voltam a ser prolongadas, assim a esperança de dias melhores continue acesa nos corações dos trabalhadores. No fim a pergunta que fica é, quanto tempo até a carrocinha vir e levar os trabalhadores para o abatedouro.


O porco Garganta também é um personagem intrigante, responsável pela propaganda do regime usava as ovelhas para abafar as discussões dentro da granja. Esse fenômeno é muito semelhante ao que ocorre no Twitter, onde ao questionar qualquer atitude de Napoleão ou Bola-de-neve, aparece uma horda de ovelhas com subindo "hashtags" em apoio aos líderes, onde o lema “quatro pernas bom, duas pernas ruim” abafa todas as questões levantadas. Outro argumento importante do Garganta é “você quer que o Sr. Jones volte?”, os influencers twitteiros alteraram esse argumento para “você quer que o PT volte?”, onde é utilizada como desculpa para o governo quando é questionado pelos cidadãos, que por medo são obrigados a confiar totalmente nos governantes e caso ainda fica alguma dúvidas, o twitteiro Garganta logo fala “confiem na estratégia do presidente Bola-de-neve”. Acredito que logo as ovelhas do twitter serão condicionadas pelo Garganta para trocarem as “hashtags” de “#todosComBola-de-neve” para “#todosComNapoleao”, e assim validar o golpe do Napoleão.


Por fim temos o personagem Benjamin, que por ser um burro é animal que mais vive por mais tempo, assim como um cristão sabe que passará por mais esse periodo e nada pode tirá-lo a fé em Cristo, indiferente se for o Sr. Jones, Bola-de-neve ou Napoleão no controle da granja, todos eles passarão mas o cristianismo perdurará.