• Shock Wave News

A maior rede de pedófilos do mundo foi interceptada na Austrália

A maior rede de pedófilos do mundo foi interceptada quando quatro homens foram presos na Austrália depois que policiais encontram imagens de abusos sexuais de crianças.

Foto: Independent

Promotores alemães dizem que detonaram uma das maiores plataformas internacionais de darknet do mundo para pornografia infantil, usada por mais de 400.000 membros registrados, incluindo os Estados Unidos, Austrália e Canadá.


Os promotores de Frankfurt disseram em um comunicado junto com o Escritório da Polícia Criminal Federal que, em meados de abril, três suspeitos alemães, ditos administradores da plataforma 'Boystown', foram presos junto com um usuário alemão.


Um dos três principais suspeitos foi preso no Paraguai.


Os promotores escreveram que encontraram 'imagens do abuso sexual graves de crianças pequenas entre as fotos e o material de vídeo.


Uma força-tarefa da polícia alemã investigou a plataforma, seus administradores e usuários por meses em cooperação com a Europol e autoridades policiais da Holanda, Suécia, Austrália, Estados Unidos e Canadá, disse o comunicado.


Os três principais suspeitos eram um homem de 40 anos de Paderborn, um homem de 49 anos de Munique e um homem de 58 anos do norte da Alemanha que vivia no Paraguai há muitos anos, segundo o comunicado dos promotores.


Eles trabalharam como administradores do site e aconselharam os membros sobre como escapar da lei ao usar a plataforma para pornografia infantil ilegal.


Um quarto suspeito, um homem de 64 anos de Hamburgo, é acusado de ser um dos usuários mais ativos da plataforma, tendo supostamente carregado mais de 3.500 postagens.


A Alemanha solicitou a extradição do suspeito que foi preso no Paraguai.


Após os ataques em meados de abril, a plataforma online foi fechada.