• Shock Wave News

Atleta amamenta filho de ponta-cabeça

Torah Bright: "Você não é uma mãe ruim se você não consegue fazer uma parada de mão e amamentar seu filho".



A snowboarder medalhista de ouro olímpico esteve no "TMZ Live '" na quinta-feira para esclarecer sua motivação por trás da foto agora viral - que a mostra se equilibrando de cabeça para baixo em topless, com seu filho se agarrando ao seio e se alimentando.


Houve muitas reações a foto, incluindo indignações e alguns elogios. Como Thora explicou durante a live, algumas mães sentiram que estavam sendo "colocadas para baixo" por não estarem em forma e/ou serem capazes de fazer algo semelhante.


Torah disse que não era esse seu objetivo ao postar a foto, e que ela estava simplesmente compartilhando a sua própria rotina em um maneira que ela pensava ser divertida. Ela também diz que é uma prova do vínculo entre mãe e filho.


A medalhista comentou que a maternidade é pura, assim como sua mentalidade ao compartilhar o momento. E defendeu a foto chamando todos de trolls no Instagram.


"Ler alguns desses comentários me deixou triste", escreveu Bright em seu stories já expirados no Instagram.


"No meu mundo, as mães deveriam ser as líderes de torcida umas das outras. Abrace nossa peculiaridade e encontre a alegria em cada 'merda' que há na maternidade."


Ela continuou: "Todos nós fazemos isso de maneira diferente. Não é certo nem errado. A maternidade é pura. Só agora me considero uma Mulher Maravilha porque entrei para o clube sagrado das MÃES com vocês. Nada além de respeito a todas as mães." Outras famosas já compartilharam fotos de momentos íntimos em família um tanto... inusitados.

Bela Gil praticou ioga com seu filho caçula, Nino, e fez uma pose difícil. O garotinho de 4 anos sentou nas pernas da mãe para mantê-la firme na postura. "Olho no olho sempre. Porque o seu olhar melhora o meu", Bela Gil escreveu em sua rede social. Seriam esses "momentos que devem ser compartilhados" ou "mais uma tendência estranha das celebridades"?