• Amandaverso

Biden: "Tenho uma agenda muito progressiva."


Durante uma entrevista, na terça-feira (24), ao "NBC Nightly News", Joe Biden falou sobre como será seu governo [caso assuma a presidência do país].


Sobre possíveis aliados, disse que não está retirando a nomeação dos senadores Bernie Sanders (I-VT) e Elizabeth Warren (D-MA) para cargos de gabinete, mas observou que já existe "reprentação significativa entre os progressistas em nosso governo" e que sua "agenda muito ambiciosa e progressista" exigirá "líderes realmente fortes na Câmara e no Senado para realizá-la".




Em certo momento, o apresentador Lester Holt perguntou "E os ex-rivais[de indicação] de seu próprio partido? Bernie Sanders, Elizabeth Warren. Você já conversou com ele sobre cargos do Gabinete?"


Biden respondeu: “Já temos uma representação significativa entre os progressistas em nossa administração, mas não há nada realmente fora de questão. Mas uma coisa é realmente crítica, tirar alguém do Senado, tirar alguém da Câmara, principalmente uma pessoa importante, é uma decisão realmente difícil que teria que ser tomada. Tenho uma agenda muito ambiciosa e progressista, e serão necessários líderes realmente fortes na Câmara e no Senado para realizá-la ”.


O democrata Joe Biden também disse que enviará um acordo de anistia para “mais de 11 milhões” de estrangeiros ilegais ao Senado dos Estados Unidos em seus primeiros 100 dias de mandato.


"Parte disso vai depender do tipo de cooperação que posso ou não posso obter do Congresso dos Estados Unidos. Mas estou indo, eu me comprometi, nos primeiros 100 dias, enviarei um projeto de lei de imigração ao Senado dos Estados Unidos com um caminho para a cidadania para mais de 11 milhões de indocumentados na América."


Vários republicanos do Senado já sugeriram que estão interessados ​​em trabalhar com Biden em algum tipo de acordo de imigração. Os senadores Lindsey Graham (R-SC), John Cornyn (R-TX) e Chuck Grassley (R-IA) sugeriram chegar a um acordo Democrata-Partido Republicano sobre a imigração que quase certamente incluiria uma anistia.


De acordo com o Breitbart, cerca de 24,5 milhões de americanos estão desempregados ou subempregados, mas todos querem empregos em tempo integral. Os desempregados são forçados a competir no mercado de trabalho por um fluxo interminável de trabalhadores estrangeiros que garantem vistos e cartões verdes que chegam a mais de 2,5 milhões de admissões a cada ano.


Essas admissões de imigração legal se somam às centenas de milhares de estrangeiros ilegais que cruzam com sucesso as fronteiras dos Estados Unidos e ultrapassam o prazo de validade de seus vistos todos os anos.


Em pesquisa realizada após a eleição revela que os eleitores de todas as divisões raciais e partidárias querem esmagadoramente menos imigração geral para os EUA. Mais de 3 em cada 4 eleitores , por exemplo, disseram que é importante reduzir a imigração com alto desemprego contínuo, e mais de 62 por cento disse que, mesmo depois que o desemprego se estabilizou, a imigração deve permanecer abaixo de seus níveis atuais.


Sobre a abertura da escolas, Biden disse:"Bem, custará muito dinheiro para trazê-los de volta. Estima-se que sejam gastos entre 150 e 200 bilhões de dólares este ano, para que seja possível reabrir as nossas escolas com segurança"





Depois que Biden listou algumas das razões pelas quais custaria uma grande quantia de dinheiro para abrir escolas, o apresentador Lester Holt perguntou: “Você tem escolas fechadas agora em lugares onde os restaurantes estão abertos. Nossas prioridades estão corretas?”


Biden respondeu: “Acho que devemos ser capazes de fazer as duas coisas. Mas olhe, estou muito preocupado com as escolas, e eu - por exemplo, eu estava em uma ligação ontem com o prefeito de Blasio, o maior distrito escolar do país. Ele está em uma posição em que custa dezenas de milhões de dólares para abrir com segurança suas escolas. Portanto, há muito que podemos fazer, mas o melhor gasto de nossos dólares que podemos fazer agora é fornecer esses tipos de proteção, não apenas o equipamento de proteção, mas o PPP*, ou seja, a capacidade de permitir que empresas e outras operações para poder abrir e ter os meios, a ajuda financeira para abrir com segurança.”



*Paycheck Protection Program: Programa de proteção de cheque de pagamento.


Com informações do Breitbart.