• Bruna Lima

Bolsonaro volta a dizer que vacinação contra vírus chinês não será obrigatória

Chefe do Executivo Federal ressaltou que governo comprará qualquer vacina aprovada pela Anvisa


Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil


O presidente Jair Bolsonaro reafirmou, nesta segunda (09), que a imunização para o vírus chinês não será obrigatória e que o governo comprará qualquer vacina que receber o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), independente de sua origem.


“Passando pela (pasta da) Saúde e sendo certificada pela Anvisa, o governo federal vai comprar e disponibilizar, mas não vai ser obrigatória de jeito nenhum”, disse Bolsonaro em live transmitida pelas redes sociais.


Dentre os imunizantes que apresentaram os melhores resultados em ensaios clínicos, o produzido pelo laboratório Pfizer em parceria com a alemã BioNTech apresentou 90% de eficácia, após conclusão dos ensaios clínicos realizados em larga escala.


Com informações da Agência Brasil

Adicionar um título (1).png

© 2020 by  ShockWave Radio.

Faça parte de nossa Newsletter e receba as últimas notícias do Brasil e do Mundo