slider-1.png
  • Shock Wave News

Católicos pró-vida denunciam bispos por parabenizar Biden


Líderes da American Life League (ALL), a organização católica pró-vida mais antiga dos Estados Unidos, foram pra cima da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB) depois de parabenizar o candidato democrata Joe Biden e a senadora Kamala Harris (D-CA) por supostamente vencer a eleição.


O arcebispo José H. Gomez de Los Angeles e presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos EUA emitiu um comunicado após a eleição, dizendo em parte:


Reconhecemos que Joseph R. Biden Jr. recebeu votos suficientes para ser eleito o 46º Presidente dos Estados Unidos. Parabenizamos o Sr. Biden e reconhecemos que ele se juntou ao falecido presidente John F. Kennedy como o segundo presidente dos Estados Unidos a professar a fé católica. Também parabenizamos a senadora Kamala D. Harris, da Califórnia, que se tornou a primeira mulher eleita vice-presidente.
Pedimos à Bem-Aventurada Virgem Maria, padroeira desta grande nação, que interceda por nós. Que ela nos ajude a trabalhar juntos para cumprir a bela visão dos missionários e fundadores da América - uma nação sob Deus, onde a santidade de cada vida humana é defendida e a liberdade de consciência e religião são garantidas.

Judie Brown, co-fundadora e presidente da ALL, respondeu em um comunicado no início da semana passada:


A USCCB afirmou o que muitos de nós suspeitamos por muitos anos, e que a maioria dos bispos católicos não tem problema com um político católico cuspindo na face de Cristo apoiando o vil assassinato de um prematuro. Joe Biden é esse homem; ele afirma ser católico, mas dá 100 por cento de apoio ao aborto todos os dias da semana e em todas as formas de brutalidade contra os inocentes. Os bispos católicos cometeram erros e, como católico, tenho vergonha deles.

Hugh Brown, vice-presidente executivo da ALL, também emitiu uma repreensão ao USCCB:


A realidade de o USCCB emitir uma declaração de parabéns a Joe Biden não deveria ser uma surpresa para ninguém. A USCCB é um conglomerado fútil e covarde de almas mortas. Eles não são descendentes dos apóstolos. São a eles que São João Paulo II se referiu quando escreveu sobre a Anti-Igreja. Todo católico deve sacudir a poeira dos pés em relação à USCCB. Não os escute. Devemos colocar nossa fé em Cristo.

O diretor executivo da ALL, Jim Sedlack, denunciou a USCCB por ter se tornado “uma entidade política”, dizendo em parte: “Afinal, Biden / Harris passou todo o ano de 2020 nos dizendo que, se eleito, expandiria o aborto nos Estados Unidos. Eles também disseram que restringiriam a liberdade religiosa. A conclusão mais clara da declaração da USCCB é a confirmação de que agora eles são um órgão político que emite uma declaração politicamente correta. ”


O Papa Francisco parabenizou o indicado democrata Joe Biden por sua suposta vitória eleitoral na quinta-feira, que respondeu expressando sua intenção de trabalhar com o papa em questões como mudança climática, pobreza e imigração.


Biden agradeceu ao pontífice romano por “estender bênçãos e felicitações e notou seu apreço”, segundo a The Associated Press, e acrescentou que elogiou o papa por sua “liderança na promoção da paz, reconciliação e os laços comuns da humanidade em todo o mundo. ”