• Saul Berenson

China acusa EUA de mentir sobre a origem do vírus, comparando com a invasão ao Iraque

O porta-voz da embaixada chinesa nos EUA foi ao Twitter dizer que a origem laboratorial da Covid-19 é uma "mentira"

Liu Pengyu afirmou que qualquer conclusão sobre a origem da Covid-19 deve ser tirada de acordo com os procedimentos da OMS, organização que desde o início da pandemia tem sido acusada de defender os interesses da China comunista.


Segundo o porta-voz da embaixada chinesa nos EUA, as alegações de que o vírus teria se originado no Instituto de Virologia de Wuhan são "mentiras" como as que antecederam a invasão ao Iraque em 2003.


Nas palavras do funcionário da China comunista "As origens da COVID19 é uma questão de ciência e deve ser estudado em conjunto por cientistas de todo o mundo, ao invés de politizada. Qualquer conclusão deve ser tirada de acordo com os procedimentos da OMS e seguindo métodos de base científica. A campanha para politizar o estudo das origens e difamar a China não é diferente das mentiras sobre o Iraque possuir armas de destruição em massa (WMD) 12 anos atrás."