• Shock Wave News

Coreia do Sul: 83 mortes por vacina contra gripe


A agência de saúde pública do país, a Agência de Prevenção e Controle de Doenças da Coréia (KDCA), anunciou no sábado que 83 pessoas no total morreram após participarem de uma iniciativa de vacinação gratuita cobrada como uma forma de compensar complicações potenciais da Covid-19.



A maioria das mortes envolveu idosos, informou a agência de notícias sul-coreana Yonhap, citando números fornecidos pela KDCA. Do número total de mortos, 37 pessoas estavam na casa dos 70 anos, seguidas por 34 pessoas com 80 anos ou mais. Quatro mortes envolveram pessoas na casa dos 60 anos, enquanto oito pessoas que faleceram tinham menos de 60 anos.


As autoridades de saúde têm insistido repetidamente que não há evidências apontando para uma ligação direta entre as vacinas contra a gripe e as mortes. No entanto, o primeiro-ministro sul-coreano, Chung Sye-kyun, pediu uma investigação sobre possíveis problemas de segurança na semana passada, quando o número de pessoas que morreram logo após receber vacinas contra a gripe chegou a 30. Anteriormente, a Associação Médica Coreana pediu a Seul que suspendesse o programa aguardando uma revisão completa.


As preocupações com a campanha de vacinação surgiram pela primeira vez depois que foi revelado que algumas das doses foram expostas à temperatura ambiente enquanto eram administradas ao público. No entanto, as vacinas em questão não foram associadas a nenhuma das mortes.


Até o momento, mais de 11,5 milhões de sul-coreanos receberam uma injeção gratuita de acordo com o programa.

Adicionar um título (1).png

© 2020 by  ShockWave Radio.

Faça parte de nossa Newsletter e receba as últimas notícias do Brasil e do Mundo