slider-1.png
  • Amandaverso

Diretor do Departamento de Crimes Eleitorais do Departamento de Justiça pede demissão.

Segundo o site de notícias Direto da América, Richard Pilger, diretor do Departamento de Crimes Eleitorais do Departamento de Justiça dos EUA pediu demissão na noite de segunda-feira(9). Em e-mails obtidos pelo New York Times, Pilger do, que o Procurador-Geral dos EUA, William Barr, emitiu "uma nova diretriz" ao "revogar a Política de Não interferência que existe há 40 anos para investigação de fraude eleitoral no período de eleições." A demissão aconteceu após Willian Barr autorizar investigações sobre "possíveis irregularidades na apuração de votos" nas eleições. No e-mail, Pilger diz "Eu gostei muito de trabalhar com vocês por mais de uma década e fazer cumprir de forma agressiva d diligente as leis, políticas e práticas eleitorais criminais federais sem medo ou favorecimento partidário." De acordo com a reportagem do Direto da América, ao justificar a autorização para investigações, Barr afirmou que a diretiva nunca foi "uma regra rígida." As informações são do Direto da América.