slider-1.png
  • Shock Wave News

Esquerda Delirante: Voto Lícito é Racismo

Professor e autor do livro "Como ser um Antirracista" diz que o termo "voto lícito" é racista


Em outra tentativa aparente de deslegitimar as reivindicações dos apoiadores de Trump, o professor da Universidade de Boston e autor do livro "Como ser um Antirracista", Ibfram X. Kendi, afirmou que o termo “voto lícito” é “racista”.

Ele continuou afirmando que as alegações de fraude eleitoral eram inerentemente racistas porque diziam respeito a cidades como Detroit, Filadélfia, Atlanta e Phoenix, que têm uma grande população negra.


Shay Stewart Bouley, também de Boston, compartilha a posição de Ibram sobre votos lícitos:


Como o Professor Jonathan Turley aponta, longe de ser "racista", o termo "voto legal" é na verdade muito próximo de outro termo da era dos direitos civis, "um homem, um voto. ”


" O âmago de nossos direitos civis e leis de direito a voto se encontra em nosso sistema político e na integridade de nossas eleições. A votação ilegal diminui a voz de todos os americanos, incluindo os eleitores das minorias ”, acrescentou.