slider-1.png
  • Amandaverso

Ex-presidente francês morre após diagnóstico de coronavírus.

Valery Giscard d'Estaing, o ex-presidente da França, morreu de complicações relacionadas ao coronavírus. Ele tinha 94 anos.




Giscard foi hospitalizado em Tours, França, com problemas respiratórios associados ao COVID-19, e embora ele tenha recebido alta do hospital por um breve período, ele retornou em meados de novembro. O ex-presidente morreu em uma casa de família devido a complicações com o vírus, informou o Guardian na quarta-feira.


“Seu estado de saúde piorou e ele morreu em conseqüência do COVID-19”, disse sua família à Agence France-Presse em um comunicado.


Giscard, conhecido por sua liberalização das normas sociais na França, foi eleito presidente pela primeira vez em 1974, aos 48 anos, quando derrotou o candidato socialista François Mitterrand na disputa presidencial mais disputada da história francesa. Ele serviu como líder da França desde sua eleição até 1981, quando foi derrotado por Mitterrand.


Durante a presidência de Giscard, o aborto foi legalizado e o divórcio foi legalmente permitido por consentimento mútuo. Ele também lançou a primeira rede de trens de alta velocidade TGV da França. Giscard também é conhecido por expandir as capacidades de energia nuclear do país.


As informações são do Washington Examinar.