slider-1.png
  • Ms. Yellow

Festa da Democracia - Parte 4

Doce Nárnia



Ingredientes


- 6 colheres sopa de amido de milho

- 1/2 xícara de água fria

- 1/2 xícara de água quente

- 2 xícaras de açúcar

- 1/2 xícara de suco de laranja natural

- 1 colher sopa de suco de limão

- 3 gotas de um corante alimentício da cor que você preferir

- Açúcar de confeiteiro e amido de milho para polvilhar


Modo de preparo


Em uma tigela, misture o amido de milho na água fria e reserve.

Em uma panela coloque a água quente, o suco de laranja e o açúcar e leve ao fogo até ferver.

Assim que levantar fervura, acrescente o amido de milho dissolvido na água fria.

Mexa em fogo médio até que fique uma espécie de mingau e comece a desgrudar do fundo da panela. Você vai perceber que ficará com uma consistência de cola, como goma mesmo.

Desligue o fogo e acrescente o corante alimentício.

Despeje a goma num recipiente de vidro untado com óleo e leve até a geladeira por duas horas.

Depois é só cortar os cubinhos e polvilhar o açúcar de confeiteiro e o amido de milho.


Tempo de Cozimento: 30 mins


Histórico


Por falar em uma iguaria doce, que não é necessariamente o tão conhecido chocolate, o artigo em questão se debruça sobre as curiosidades de um doce que tem vários nomes de acordo com a parte do mundo onde é produzido e consumido, tais como: Greek Delight (Delícia Grega), Turkish Delight (Delícia Turca), Lokum (palavra turca alusiva ao prazer) ou a variação para o grego que é loukoumi.


Para o Na Conserva, resolvemos chamá-lo de Doce Nárnia.


A data de origem da criação do loukoumi não é bem definida, mas se sabe que era produzido na Turquia desde o século XVII. Tanto é assim, que a palavra turca "lokum" é advinda do Halkum Árabe ou Al-Halkum, uma vez que nas regiões árabes da época, as palavras para as iguarias turcas, uma vez traduzidas significavam "conforto da garganta".


Na Grécia especificamente, país que sobreviveu a 400 anos sob o domínio selvagem e escravagista dos turcos otomanos, a “Delícia Turca” é chamada de Loukoumi e se tornou muito popular nesse pequeno europeu desde o século XIX, principalmente em Patras (região mais ao Sul da Grécia); nas cidades de Thessaloniki, Serres e Komotini (Norte e Noroeste gregos) e por fim, na ilha de Syros.


O loukoumi ou doce grego nessas localidades pode ser servido com café, em substituição aos tradicionais biscoitos e bolachas em geral.

Já no Brasil, tal iguaria ficou sendo mais conhecida pelos nomes de “Manjar Turco”, “Delícia Turca”, “Bala de Goma Síria” ou “Bala de Goma Árabe”, tendo chegado por aqui, como os demais pratos do Oriente Médio, por meio da diáspora árabe que partiu em direção a América Latina.


Que tal entrarmos num armário e saborearmos esse delicioso docinho?


Não perca o Na Conserva, sexta às 20 hs na sua Shock Wave Radio!