• Amandaverso

Fox News corta o discurso de Kayleigh McEnany sobre alegações de fraude eleitoral.


O apresentador da Fox News, Neil Cavuto, interrompeu a transmissão ao vivo da rede de um discurso de campanha de Trump do secretário de imprensa da Casa Branca Kayleigh McEnany na segunda-feira, dizendo aos telespectadores que ele não poderia "continuar exibindo em boa aparência" devido a suas alegações de fraude eleitoral na eleição disputada entre Presidente Donald Trump e ex-vice-presidente Joe Biden.


McEnany, que se juntou à presidente do Comitê Nacional Republicano, Ronna McDaniel, explicou que estava participando em sua "capacidade pessoal" assessora da campanha de Trump antes de dizer: "Esta eleição não acabou. Longe disso. Apenas começamos o processo de obtenção de uma contagem de votos precisa e honesta."


"Estamos lutando pelos direitos de todos os americanos que desejam ter fé e confiança não apenas nesta eleição, mas em todas as próximas. Há apenas um partido na América que se opõe à identificação do eleitor. Um partido na América que se opõe à verificação de assinaturas, cidadania, residência e elegibilidade. Há apenas um partido na América tentando manter os observadores fora da sala de contagem. E esse partido, meus amigos, é o partido democrata. Você não assume essas posições porque deseja uma eleição honesta. Você não se opõe a uma auditoria da votação porque quer uma contagem precisa. Você não se opõe aos nossos esforços de luz do sol e transparência porque você não tem nada a esconder. Você assume essas posições porque está dando boas-vindas às fraudes e é bem-vindo votação ilegal.".

McEnany acrescentou: "Queremos que todos os votos legais sejam contados e todos os votos ilegais sejam descartados."


Foi nessa hora que Neil Cavuto interrompeu a transmissão:


"Ela está acusando o outro lado de dar boas-vindas à fraude e ao voto ilegal", disse o apresentador da Fox News. "A menos que ela tenha mais detalhes para comprovar isso, não posso em boa aparência continuar mostrando isso a você. Quero ter certeza de que talvez eles tenham algo para comprovar isso, mas essa é uma carga explosiva para fazer o outro lado é efetivamente manipular e trapacear.".




A Fox News tem enfrentado a fúria do presidente Donald Trump e seus eleitores desde o dia em que, precocemente, declarou Biden como vencedor no Arizona. O conselheiro da campanha Trump-Pence chamou de irresponsável a atitude da emissora e exigiu que o resultado divulgado fosse retirado até que todos os votos sejam contados, o que provavelmente vai demorar já que o estado é um dos que Trump entrou na Justiça por conta das irregularidades e fraudes durante a eleição.


Com informações do The Blaze e colaboração de Natan Dalla Rosa.



Adicionar um título (1).png

© 2020 by  ShockWave Radio.

Faça parte de nossa Newsletter e receba as últimas notícias do Brasil e do Mundo