• Bruna Lima

Hackers atacam site do STJ e sessões processuais são interrompidas

Polícia Federal já foi acionada para investigar a origem das invasões



Na tarde desta terça (03), a rede de tecnologia de informação do Supremo Tribunal de Justiça sofreu um ataque hacker durante as sessões de julgamento das seis turmas do colegiado. Ainda não se sabe a origem das invasões, mas a Corte já acionou a Polícia Federal, que também está trabalhando na recuperação dos sistemas de serviços.


Por precaução, todas as sessões de julgamento virtuais serão suspensas até a próxima segunda (09) ou canceladas até que a segurança das plataformas nas quais ocorrem os trabalhos seja restabelecida. Já as demandas mais urgentes, como liminares e habeas corpus, estarão centralizadas na presidência do colegiado até o fim do prazo citado.


Em nota divulgada pelo STJ e assinada pelo presidente da Corte, Ministro Humberto Martins, o setor de TI da corte recomenda que os usuários — ministros, servidores, estagiários e terceirizados — não utilizem computadores que estejam de alguma forma conectados a algum dos sistemas informatizados da Corte.



Adicionar um título (1).png

© 2020 by  ShockWave Radio.

Faça parte de nossa Newsletter e receba as últimas notícias do Brasil e do Mundo