• Shock Wave News

Mansão do pedófilo Jeffrey Epstein será demolida

A mansão de Jeffrey Epstein em Palm Beach, onde ele abusou sexualmente de meninas menores de idade, será DEMOLIDA pelo comprador 'que pagou U$ 18 milhões' para tentar apagar todas as memórias do pedófilo.


Fontes disseram que o preço de venda foi de cerca de US $ 18 milhões.


Glaser é conhecido por construir casas com projetos extravagantes para clientes ricos e exigentes, como uma casa em Star Island, em Miami, que recentemente foi vendida por cerca de US $ 49,5 milhões.


Ele também foi um dos designers da torre do One Thousand Museum projetada pela falecida Zaha Hadid no centro de Miami.


Em junho, Glaser confirmou a compra de uma mansão de 1925 em Palm Beach por US $ 17 milhões, que pretendia "restaurar à sua antiga glória", e onde pretendia morar com sua esposa, Kim.


Em fevereiro, ele e os sócios Philip Levine, Scott Robins e Jonathan Fryd venderam uma casa de luxo na 113 Atlantic Avenue por US $ 9,41 milhões para um descendente da família que fundou a Cumberland Farms, de acordo com o The Real Deal.


Ao lado, na Atlantic Avenue, outra casa de especificações que os parceiros desenvolveram está sob contrato e deve ser fechada em julho, disse Glaser.


Os sócios também construiram duas vilas especiais com um pátio na 237 Brazilian Avenue em Palm Beach, que recentemente chegaram ao mercado por US $ 7,9 milhões cada, informou o site.

Epstein, que morreu na prisão aguardando seu julgamento por tráfico sexual em agosto de 2019, comprou a propriedade de Palm Beach em 1990 por US $ 2,5 milhões.


A propriedade tem cerca de 170 pés de frente para o mar na Intracoastal Waterway, com espaço para um cais.


A casa de seis quartos e cerca de 14.000 pés quadrados com uma grande piscina foi projetada pelo arquiteto John Volk no que é descrito como o estilo das Índias Ocidentais.


A casa foi onde os crimes que levariam à sua condenação foram relatados pela primeira vez, em 2005.


Epstein estava aliciando adolescentes para 'massagens', e uma delas acabou confessando à mãe o que estava acontecendo, que então foi à polícia.


A ilha particular de Epstein nas Ilhas Virgens dos EUA, Little St James; seu rancho no Novo México e sua casa em Manhattan também foram locais de abuso.


A casa geminada de Nova York ainda está no mercado, pedindo US $ 88 milhões, de acordo com o site do corretor, Adam Modlin, do Modlin Group.