• Shock Wave News

Monitores identificaram 50.000 eleitores duplos e 350.000 mortos no cadastro eleitoral




Um grupo de monitores analisou os registros eleitorais de mais de 40 estados e encontrou cerca de 350.000 eleitores mortos ainda nas listas, e mais de 50.000 pessoas que votaram em mais de uma cédula a mais que na eleição anterior.


Muitos desses "votos duplos aparentes" foram cédulas pelo correio, disse a Public Interest Legal Foundation em seu relatório na quarta-feira.


“Quando os eleitores confiam no sistema, é mais provável que participem. Consertar erros, duplicações e registros obsoletos aumentará a confiança no sistema de votação e esperamos eliminar a última barreira para a participação: a dúvida na integridade do processo ”, escreveu J. Christian Adams, presidente da fundação.


Ele disse que o condado da Pensilvânia que registrou eleitores sete vezes concordou em tentar consertar as coisas.


Enquanto isso, Detroit começou a rastrear registros para tentar limpar seus cadernos eleitorais.


O Sr. Adams disse que o objetivo do PILF no novo relatório era tentar fazer parte do trabalho que a comissão deveria fazer na revisão dos registros estaduais.


Alguns estados resistiram à entrega de registros e estão lutando contra o PILF nos tribunais.


Registros de 42 estados foram coletados até o mês de Setembro.

Adicionar um título (1).png

© 2020 by  ShockWave Radio.

Faça parte de nossa Newsletter e receba as últimas notícias do Brasil e do Mundo