• Shock Wave News

MSNBC corta transmissão ao vivo de Trump

A rede de notícias MSNBC interrompeu uma coletiva de imprensa do presidente Donald Trump sobre a contagem dos votos eleitorais em andamento e Brian Williams explicou que, em sua opinião, as declarações do presidente eram perigosas para o país.



O presidente alegou que havia vencido a eleição, apesar de a contagem dos votos continuar, quando a MSNBC cortou o feed e pediu a seu correspondente legal, Ari Melber, para tratar de suas reivindicações.


"Tudo bem. Aqui estamos novamente na posição incomum de não apenas interromper o presidente dos Estados Unidos, mas corrigir o presidente dos Estados Unidos", disse Williams.


"Pelo que sabemos, não há votos ilegais", acrescentou. "Não houve nenhuma vitória de Trump que conhecemos."

Mais tarde, Williams defendeu a ação que tomaram após o término da coletiva de imprensa do presidente.


"Uma palavra sobre a nossa decisão de mergulhar nos comentários do presidente, não foi feito como uma proeza ou teatro, simplesmente não podemos aceitar", disse Williams.


“Não estava enraizado na realidade - e neste ponto, onde nosso país está, é perigoso”, acrescentou.


"Bem, estou tão feliz por termos mostrado nosso trabalho porque tenho orgulho de trabalhar em uma rede que não contribuiu com o que o presidente acabou de fazer e tenho o único programa da rede com o nome da Casa Branca, então eu senti que faz parte do meu trabalho assisti-lo para nossos telespectadores ", disse Wallace.


“É um discurso que representa um dos atos mais perigosos que Donald Trump cometeu como presidente”, afirmou.


A Fox News e a CNN transmitiram o discurso de 17 minutos do presidente na íntegra.


Veja o momento da interrupção:


Adicionar um título (1).png

© 2020 by  ShockWave Radio.

Faça parte de nossa Newsletter e receba as últimas notícias do Brasil e do Mundo