• Saul Berenson

Nos bastidores, Hamas pede arrego ao Estado de Israel

Atualizado: há 7 dias

Após levar a maior surra monumental de sua história, o grupo terrorista que controla a Faixa de Gaza pede um cessar-fogo a partir de quinta-feira às 6h

Segundo informações que circularam pelos grupos no Telegram ligados aos setores envolvidos no conflito, o grupo terrorista Hamas sinalizou por um cessar-fogo a partir de quinta-feira às 6h. Supostamente, as conversações estariam sendo feitas via canais diplomáticos intermediados pelo Egito.


Do outro lado, Israel já sinalizou que não vai concordar com um cessar-fogo até que todas as capacidades militares do Hamas estejam comprometidas a fim de estabelecer um cessar-fogo duradouro, como ocorreu após a última guerra em 2014.


Mais cedo, o ministro da inteligência de Israel, Eli Cohen, sugeriu que o próximo passo das operações seria cortar toda a eletricidade na Faixa de Gaza. Cohen também disse que não houve nenhuma menção a um possível cessar-fogo durante a reunião do gabinete ministerial.


Ainda segundo o porta-voz das Forças de Defesa de Israel, brigadeiro-general Hidai Zilberman, o Estado judeu se prepara para o que ele chamou de "uma noite intensiva" de ataques aéreos contra alvos operados pelo Hamas.

1 comentário