• Evandro Pontes

O uso do nome "Bolsonaro" na urna




Em 2018, sete pessoas usaram o nome "Bolsonaro" na urna e apenas uma conseguiu se eleger: Hélio Lopes, também conhecido como "Hélio Negão", lançou-se candidato a deputado federal pelo Rio de Janeiro em 2018 ostentando na urna o nome Hélio Bolsonaro.


Encerrou a fatura como o federal eleito com recorde de votos naquele estado.


Já em 2020 quarenta candidatos lançaram a mão do artifício.


Nenhum foi eleito.


A imprensa mainstream vem decantando apenas o resultado de 2020 associado a essa "matemática do nome", mas, convenhamos, já em 2018 o recurso não deu muito resultado, exceto para os caroneiros e "papagaios de pirata" mais célebres (caso de Hélio Lopes).


Que fique a lição: Bolsonaro é só um e, com muita sorte, pode se estender para mais quatro (Flávio, Carlos, Eduardo e Renan).


Segue recomendação de leitura: https://www.shockwavenews.com.br/post/a-crise-de-autenticidade

Adicionar um título (1).png

© 2020 by  ShockWave Radio.

Faça parte de nossa Newsletter e receba as últimas notícias do Brasil e do Mundo