• Shock Wave News

Poema

Por Caio Manjoni


Não se preocupe, nós temos a resposta para os teus medos Sabemos muito bem o que fazemos Não somos açougueiros Entregue-se a nós, tudo acabará bem, em um instante Logo você estará tão boa quanto antes Um por um os assassinos ocupam seus respectivos espaços Eles já conhecem todo o "procedimento" É só mais um dia na indústria do extermínio Primeiro as pernas, os braços Depois o ventre, o coração Em seguida o ápice da mutilação, a cabeça Oh, crianças sem voz! Sem voz! Há um pequeno trem que vai direto ao Reino Oh, me perdoe por não ter feito nada para protegê-la Um trem que não pára em nenhuma estação Havia escamas em meus olhos, mas agora eu vejo Eles estão felizes, estão se divertindo O mal terrível que causei, aniquilar uma vida acabou com meu coração Oh, crianças alegrem-se! Alegrem-se! Instagram: @caiomanjoni