• Amandaverso

Pró-vidas criticam escolha de Biden para Departamento de Saúde: "Extremista pró-aborto"

Grupos pró-vida criticaram escolha do procurador-geral da Califórnia Xavier Becerra feita por Biden para chefiar o Departamento de Saúde e Serviços Humanos, citando o seu recorde de se opor à restrições ao aborto.


“Quando você olha para alguém como Xavier Becerra e seu histórico na Califórnia, você vê que esse homem não é um moderado na questão do aborto, ele é um extremista pró-aborto”, disse Mallory Quigley, vice-presidente de comunicações de grupo pró-vida, Lista de Susan B. Anthony.


Becerra atua como procurador-geral da Califórnia desde 2017. De 2003 a 2017, ele foi membro da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, onde representou um distrito de Los Angeles.


Em 2018, a Suprema Corte decidiu contra uma lei da Califórnia defendida por Becerra exigindo que centros de gravidez anti-aborto digam às pacientes que o aborto é coberto por planos no estado. O tribunal apoiou os centros de gravidez em crise, que argumentaram que a lei interferia em sua missão de encorajar as mulheres a não fazerem abortos, violando assim seus direitos da Primeira Emenda.


Becerra também apresentou 15 acusações criminais contra os ativistas anti-aborto David Daleiden e Sandra Merritt, do Center for Medical Progress em 2017, por gravar vídeos secretos de Planned Parenthood.


Com informações do Washington Examiner.

Adicionar um título (1).png

© 2020 by  ShockWave Radio.

Faça parte de nossa Newsletter e receba as últimas notícias do Brasil e do Mundo