• Zero à Direita

Sony oficializa aquisição da Crunchyroll


Os valores da negociação chegam a US$ 1,175 bilhão.


Matéria escrita e editada por Lobato no Portal Zero à Direita.


Depois de muitas negociações a Sony Entertainment oficializou na noite de 09 de dezembro, a compra do streaming de animes Crunchyroll.


O streaming fará parte da divisão Sony’s Funimation Global Group, que inclui a Funimation e Aniplex, fazendo com que a empresa japonesa agora tenha controle de grande parte das produções de anime.


Em anúncio ao portal Deadline, Tony Gonçalves, diretor de finanças da WarnerMedia, antiga proprietária da marca declarou: “A equipe do Crunchyroll fez um trabalho extraordinário não apenas no crescimento da marca Crunchyroll, mas também na construção de uma comunidade apaixonada de fãs de anime. O sucesso da Crunchyroll é um resultado direto da cultura da empresa e do compromisso com seus fãs. Ao combinar com o Funimation, eles continuarão a nutrir uma comunidade global e a trazer mais anime para mais pessoas.”


Tony Vinciquerra, Presidente e CEO da Sony Pictures Entertainment também se mostrou animado: “Estamos orgulhosos de trazer a Crunchyroll para a família Sony. Por meio da Funimation e de nossos fantásticos parceiros da Aniplex e da Sony Music Entertainment Japan. Temos um profundo conhecimento dessa forma de arte global e estamos bem posicionados para fornecer conteúdo excepcional para públicos em todo o mundo. Junto com a Crunchyroll, criaremos a melhor experiência possível para os fãs e maiores oportunidades para criadores, produtores e editores no Japão e em outros lugares. A Funimation faz isso há mais de 25 anos e esperamos continuar a alavancar o poder da criatividade e da tecnologia para ter sucesso neste segmento de entretenimento em rápido crescimento”.


Em sua página e nas redes sociais a Crunchyroll também anunciou sua aquisição pela Sony:

"Estamos entusiasmados em nos juntar aos nossos colegas da Sony e da Funimation.

Ainda há muitas perguntas que não podemos responder, mas estamos animados com a perspectiva dessa combinação."


Em sua página, a Crunchyroll informa também que “Até o fechamento do negócio, a Crunchyroll e a Funimation continuarão operando de forma independente. Independente das grandes notícias, ainda somos os mesmos Crunchyroll que éramos ontem e continuaremos a trazer mais animes para vocês”


A venda da Crunchyroll pela AT&T (proprietária da WarnerMedia) já era esperada, visto que a companhia precisava arcar com despesas após a compra da Time Warner por US$ 84,5 bilhões. Antes da plataforma de animes, a empresa chegou a considerar a venda da Warner Games, mas acabou desistindo por considera-la valiosa demais.



Fundada em 2006, a Crunchyroll entrega conteúdo para mais de 20 milhões de assinantes, possuindo em seu catálogo mais de 800 séries de animes, mais de 200 doramas asiáticos e 50 títulos de mangá (embora nem toda a programação esteja disponível mundialmente devido a restrições de licenciamento locais). Lembrando que ainda é possível assistir os animes sem necessidade de assinatura, tendo durante a transmissão do conteúdo propagandas no estilo de comerciais.



A Funimation foi fundada em 1994, mas apenas em 2011 que foi incorporada ao conglomerado da Sony, oferecendo mais de 1.500 horas de conteúdo entre filmes e séries legendados e alguns dublados.





Adicionar um título (1).png

© 2020 by  ShockWave Radio.

Faça parte de nossa Newsletter e receba as últimas notícias do Brasil e do Mundo