• Evandro Pontes

Texas vs Penn - ATUALIZAÇÕES


Mais uma série de documentos foi apresentada no contexto da ação movida pelo Texas contra o Estado da Pennsylvania, Michigan, Georgia e Wisconsin.


Inúmeros deputados estaduais da Assembeia Legislativa do Estado da Pennsylvania apresentarem briefings em apoio à defesa apresentada por seu Procurador Geral, Josh Shapiro, incluindo manifestações em separado do respectivo Presidente do Legislativo Estadual junto com o "líder da maioria".


Michigan, Georgia e Wisconsin também protocolizaram suas defesas tempestivamente.


Em apoio ao Texas, a Christian Family Coalition da Florida (Coalizão da Família Cristã ou simplesmente a CFC) apresentou igualmente um briefing.


Chama atenção, contudo, uma moção de apoio ao Texas apresentada por legisladores eleitos dos quatro estados-réus, ressaltando a falta de uniformidade na fixação de um entendimento dentro dos estados-réus em questão.


Outro ponto que chamou a atenção foi a adesão, pelo lado dos estados-réus, dos seguintes estados e territórios: CALIFORNIA, COLORADO, CONNECTICUT, DELAWARE, GUAM, HAWAII, ILLINOIS, MAINE, MARYLAND, MASSACHUSETTS, MINNESOTA, NEVADA, NEW JERSEY, NEW MEXICO, NEW YORK, CAROLINA DO NORTE, OREGON, RHODE ISLAND, VERMONT, VIRGINIA, U.S. VIRGIN ISLANDS e WASHINGTON


O detalhe importante dessa adesão por parte de 22 estados e territórios fica com a Carolina do Norte, estado em que Trump venceu e que nós da Shock Wave News, em live, advertimos para riscos de posicionamento anti-Trump.


Não há mais como negar esse conflito que já envolve 44 entre os 53 estados e territórios americanos (qual seja, os 50 estados mais os 3 territórios de USVI, Guam e Porto Rico).


Essa discussão não pode mais ser tratada com desdém e irrelevância.


Nosso cálculo é que a Suprema Corte, dada a relevância e o envolvimento da quase totalidade dos estados, irá tratar logo do tema.

Adicionar um título (1).png

© 2020 by  ShockWave Radio.

Faça parte de nossa Newsletter e receba as últimas notícias do Brasil e do Mundo