slider-1.png
  • Shock Wave News

Trump afirma que ganhou com ‘votos legais’


via Reuters

O presidente Trump novamente afirmou que ganharia a eleição presidencial na quinta-feira, apesar da contagem de votos inacabada em vários estados cruciais, e disse que o Partido Republicano era agora comprovadamente o "partido do trabalhador americano".


“Se você contar os votos legais, eu ganho facilmente. Se você contar os votos ilegais, eles podem tentar nos roubar a eleição ”, disse Trump em uma entrevista coletiva na Casa Branca, prevendo “muitos litígios ”.


O presidente alegou que as pesquisas pré-eleitorais foram elaboradas para favorecer os democratas a fim de “suprimir” o voto dos republicanos. A campanha de Trump pediu recontagem de votos em Wisconsin, Nevada, Michigan e Geórgia, embora os juízes tenham impedido as tentativas nos dois últimos estados. Enquanto Joe Biden acumulava vitórias em estados indecisos, Trump escreveu no Twitter que sua campanha tentaria investigar os resultados para possíveis fraudes.


“Todos os recentes Estados reivindicados por Biden serão legalmente contestados por nós por fraude eleitoral e fraude eleitoral estadual. Muitas provas - basta verificar a mídia. NÓS GANHAREMOS! America First! ”


Trump escreveu em um post que foi censurado pelo Twitter. Em outra postagem censurada, Trump afirmou que “QUALQUER VOTO QUE VEIO DEPOIS DO DIA DAS ELEIÇÕES NÃO SERÁ CONTADO!”


“Os democratas são o partido dos grandes doadores, da grande mídia, da grande tecnologia, ao que parece”, declarou Trump. “E os republicanos se tornaram o partido do trabalhador americano, e foi isso que aconteceu.”


Além disso, Trump disse que os republicanos eram agora o "partido da inclusão". O presidente ganhou apoio entre os eleitores negros, asiáticos e latinos em comparação com os resultados das eleições de 2016, de acordo com as pesquisas de opinião da Edison. Cerca de um quarto dos eleitores não brancos nos EUA votou em Trump este ano, a maior votação para qualquer candidato republicano desde Richard Nixon na eleição de 1960.


Apesar do esforço de Donald Trump os resultados da eleição mostram que seu eleitor continua sendo em sua maioria brancos, trabalhadores e conservadores.


O maior apoio do presidente Trump veio de eleitores brancos sem educação universitária, mostraram as pesquisas da Edison. No entanto, as pesquisas também apontam que mais americanos com uma renda de mais de $ 100.000 por ano votaram em Trump do que em Biden.