• Amandaverso

Trump anuncia no twitter demissão de Secretário de Defesa.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou via twitter, nesta tarde de segunda-feira(9), a demissão de Mark Esper, secretário de Defesa. De acordo com o Breitbart, esta é uma "ação há muito esperada".



No lugar de Esper, Trump anunciou que colocaria Christopher C. Miller, diretor do Centro Nacional de Contraterrorismo, como secretário de Defesa interino "com efeito imediato". Segundo Kristina Wong, do Breitbart, a relação entre Trump e Esper "azedou rapidamente" depois que o secretário antecipou o presidente e declarou que ele não apoiava o uso de forças ativas para restaurar a ordem durante os tumultos causados pelos terroristas do BLM a.k.a ANTIFA após a morte de George Floyd. Trump não pediu o uso de tropas, mas avisou que o faria se a violência continuasse. No entanto, segundo Wong, "a declaração de Esper tornou mais difícil para o presidente usar a ameaça de implantação de tropas como um impedimento para os manifestantes". Ainda segundo a reportagem do Breitbart, a declaração de Esper veio após críticas da esquerda por ele ter caminhado com o presidente até a histórica Igreja Episcopal de St. John's fora da Casa Branca, onde os terroristas do Movimento BLM a.k.a ANTIFAS acenderam uma grande fogueira no porão.

(AP Photo / Patrick Semansky)

Exper é um ex-lobista de Defesa que se tornou Secretário do Exército quando Trump assumiu o cargo. Ele foi colega de classe do Secretário de Estado Mike Pompeo em West Point.


Alegando querer manter os militares fora da política, Esper raramente externou apoio ao presidente durante seu mandato.


Em um momento crítico vivido por Donald Trump, a demissão pode ter relação com a omissão de muitos republicanos que têm cargos importantes a cerca da fraude eleitoral.


As informações são do Breitbart.

Adicionar um título (1).png

© 2020 by  ShockWave Radio.

Faça parte de nossa Newsletter e receba as últimas notícias do Brasil e do Mundo