slider-1.png
  • Alexandre Nagado

Viagem ao Centro da Terra - A obra original

Uma expedição fantástica, em um clássico da literatura que deve ser redescoberto a cada geração.

Em pleno século XIX, na Alemanha, o excêntrico mineralogista e professor de geologia Otto Lidenbrock encontra um misterioso manuscrito dentro de um antigo livro que adquiriu. Lá, uma mensagem instigante de um homem chamado Arne Saknussemm dava pistas de um possível caminho para o centro da Terra, a partir da cratera do Sneffels, um vulcão inativo na Islândia.


Empolgado com a possibilidade de descobertas inimagináveis, Lidenbrock resolve partir rumo à Islândia, em busca da passagem misteriosa. Sem muita convicção, seu brilhante, porém nada aventureiro sobrinho Axel (o narrador da história) o acompanha. Para ajudá-los na difícil jornada, o professor contrata o caçador local Hans, um homem quieto, forte e de grande dedicação e lealdade.


O trio enfrenta um longo e tortuoso caminho, até que encontram galerias que vão descendo cada vez mais. Sem enfrentar o calor incandescente que se esperava de acordo com as teorias científicas da época, os exploradores vão adentrando um mundo isolado da civilização e cheio de mistérios.


Clássico da ficção científica, Viagem ao Centro da Terra foi escrito pelo francês Júlio (Jules) Verne (1828~1905), tendo sido publicado originalmente em 1864. De lá para cá, foi editado e republicado incontáveis vezes. No século XX, inspirou quadrinhos, filmes, séries e jogos, sendo obra referencial da cultura pop mundial. Ler a obra original, depois de ter visto qualquer adaptação ou homenagem, é fascinante, ainda mais levando em conta a época em que o livro foi escrito.


Repleto de informações sobre mineralogia, botânica e biologia, a obra oferece especulações que fascinaram os leitores da época, e soam instigantes até hoje.


A viagem em si ocupa a maior parte da obra, que se detém pouco nos cenários, criaturas e situações extraordinárias que Lidenbrock, Axel e Hans encontram no centro da Terra, mas a narrativa do autor é envolvente. Os personagens são carismáticos e a química entre o impulsivo, obstinado e temperamental cientista e seu sobrinho prudente ao extremo (para dizer o mínimo) tornam a leitura muito divertida, alternando humor, mistério, aventura e um pouco de suspense.


Viagem ao Centro da Terra é uma das obras mais conhecidas de Júlio Verne, ao lado de clássicos igualmente cultuados como Cinco Semanas em Um Balão, Da Terra à Lua, Vinte Mil Léguas Submarinas e Volta ao Mundo em 80 Dias. É literatura essencial, não somente para a garotada, pois é uma obra que tem atiçado a imaginação de gerações inteiras, com um genuíno senso de aventura e encantamento.



Título: Viagem ao Centro da Terra Título original: Voyage Au Centre De La Terre (1864)

Autor: Júlio Verne

- Disponível em várias edições com diferentes traduções e adaptações.

2 comentários